NOVEMBRO AZUL

por Administrador publicado 01/11/2017 13h55, última modificação 01/11/2017 14h08
Novembro Azul: Câncer de próstata é segunda maior causa de morte oncológica em homens

O câncer de próstata provoca mortes no mundo todos os anos, diante disso, a campanha Novembro Azul, promovida pelo Ministério da Saúde e que começou nesta terça (1º), vem para alertar sobre a necessidade de prevenção, já que o sucesso do tratamento depende do estágio em que a doença é diagnosticada. 

Se a enfermidade for descoberta cedo, as chances de cura podem chegar a até 90%. "O grande problema é que as pessoas tendem a imaginar que o câncer de próstata é uma doença que não traz risco algum, quando na verdade pode se espalhar e levar o indivíduo à morte”, destaca.

Como esse tipo de câncer não costuma apresentar sintomas no estágio inicial, é muito importante que o paciente verifique se ele possui fatores de risco, como parentes que já tiveram a doença ou hábitos de vida pouco saudáveis.

No entanto, muitos homens postergam a sua ida ao consultório por medo ou preconceito. Além do exame ser feito apenas depois de confirmada a necessidade, “é um exame indolor, com pouco desconforto, realizado em poucos segundos e é mais eficiente, porque pode detectar nódulos, o que não acontece com o PSA”.

Para tratar o câncer de próstata, existem três procedimentos, a cirurgia aberta ou robótica; a radioterapia externa ou braquiterapia; e as condutas de vigilância ativa, que consistem em um acompanhamento com exames até que seja necessário ou indicado um tratamento.

 Porém, é importante que a pessoa se conscientize em relação à prevenção”.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.